segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

ANO C - III Domingo do Tempo Comum

«Cumpriu-se hoje mesmo esta passagem da Escritura…»
 
O tempo que nos é dado, é a oportunidade para descobrirmos o rosto de Deus, de reler a História e a nossa história no seu olhar e de perceber o Seu amor. Para entrar nesta dinâmica, que nos distancia dos nossos preconceitos e do cansaço do dia-a-dia, devemos escutar e meditar na Palavra que nos converte, acolhermos o testemunho de quem, como Lucas, graças à pregação de Paulo, conheceu a misericórdia de Cristo e dela fala.
O Evangelho deste Domingo apresenta-nos duas partes bem distintas: o prólogo do Evangelho de S. Lucas e o discurso de Jesus na sinagoga de Nazaré.
A essência do texto bíblico, é que se tome consciência de que o Evangelho é muito mais que uma recolha de factos mais ou menos importantes da vida de Jesus e dos seus ensinamentos. E Lucas quer-nos alertar para isso. A sua intenção é que os cristãos se convençam da importância decisiva para a história de toda a Humanidade, a vida de Cristo. Lucas entra na dinâmica do testemunho e escreve com muito rigor e solidez os ensinamentos recebidos.
Assim, na segunda parte, encontramos Jesus na sinagoga de Nazaré, a proclamar que todas as profecias se cumprem: Ele é o Messias, o Ungido, Aquele que anuncia aos pobres a felicidade, que liberta os oprimidos e inicia «um ano da graça do Senhor». O Hoje da história do tempo de Jesus, é o Hoje da Igreja, de cada comunidade que vive sob a acção do Espírito Santo.

Boa semana de trabalho e/ou estudo.

0 Comments: